quarta-feira, 17 de dezembro de 2008


"...e o pulso não pulsa mais."


-O que isso significa?
-O pulso não pulsar? Bom...não sei. Deve ser Ana, ela deve ter escrito isso. Ela rabiscou a capa do livro que estou lendo, e escreveu isso.
-Ana?
-É...Ana.


"ele mal sabia quem era Ana. Uma garota ou uma mulher, não sei. Ela era como eu."


-Porque você é assim, calada? Você que escreve tanto quando pega numa caneta, só que na hora que a gente conversa, você para...não fala nada. Nas nossas conversas você faz mais silêncio do que fala.
-Não sei. É que às vezes eu penso tanto que esqueço de falar. Fixo em seus olhos e eles me dizem tantas coisas. Os meus lhe falam?

-O que? Você é louca...

-Hum, e é por isso que você me ama.

-É, eu sei.

5 comentários:

Lari. disse...

Ana! Ela de novo!
Eu de novo também! dessa vez, também para te dizer que tem um selo esperando por você no meu blog! Gosto dos seus posts e, por isso, resolvi te presentear com ele! Passa lá pra pegar, tá bem?! BEijo.

Menino-Homem disse...

mais que perfeito...

LivroPronto disse...

Olá!

A LivroPronto Editora convida você, autor, para uma conversa sobre a publicação de sua obra.

Escreva para nós!
gabriela@livropronto.com.br

Um grande abraço!

Aline Dias disse...

bacana mesmo.

bom passar aqui.
tem uma coisa ou outra que precisa de acerto, mas tem poesia.

de qualquer forma, muito obrigada pelo selo!

Opiniões no Brasil disse...

olá o seu blog esta maravilhoso!

Bjs