segunda-feira, 9 de março de 2009

INCLUSÃO SOCIAL



Olhe-se no espelho de vez em quando. Enxergue-se:

Miséria é miséria em qualquer canto Riquezas são diferentes
Índio, mulato, preto, branco
Miséria é miséria em qualquer canto
Riquezas são diferentes

Miséria é miséria em qualquer canto
Filhos, amigos, amantes, parentes
Riquezas são diferentes
Ninguém sabe falar esperanto
Miséria é miséria em qualquer canto
Todos sabem usar os dentes
Riquezas são diferentes
Miséria é miséria em qualquer canto
Riquezas são diferentes
Miséria é miséria em qualquer canto
Fracos, doentes, aflitos, carentes
Riquezas são diferentes
O Sol não causa mais espanto
Miséria é miséria em qualquer canto
Cores, raças, castas, crenças
Riquezas são diferenças

A morte não causa mais espanto
O Sol não causa mais espanto
A morte não causa mais espanto
O Sol não causa mais espanto
Miséria é miséria em qualquer canto
Riquezas são diferentes
Cores, raças, castas, crenças
Riquezas são diferenças

Letra da música: Miséria/ Titãs.

13 comentários:

Susana disse...

Fortes palavras e imagens que emocionam a quem passa! Não podemos fingir que não existe exclusão. Ela existe e é preciso fazer algo para travá-la.

Doi ver estas imagens, mas é a verdade nua e crua da realidade, tal como ela é.

Conheci este blog através da blogagem coleciva da Esteranca, da qual também participo.

Parabéns pela postagem!
Um abraço, Susana

Maria disse...

Puxa! Foi forte!

Mas creio que são impactos assim que nos acordam.

=*

Fernanda Cozendey disse...

é pra deixarmos de sermos 'reis' e mais reais.

Andréa disse...

Olhei essa música agora com outros olhos, em especial na parte que diz "a morte não causa mais espanto" ... podemos tb dizer "a violência não causa mais espanto, a corrupção não causa mais espanto, a impunidade não causa mais espanto ..." Triste isso ! Nossa !
Abraços !

Olavo disse...

Palavras perfeitas e imagens também..bela postagem..
beijos

Cristiane Marino disse...

Seu post, foi marcante...com certeza nos fez pensar...acho que essa é a idéia não é?

grande abraço
Cris

Maria disse...

UM HOMEM E A REALIDADE

Certamente já vivi uma vida de alegria contigo
homem compacto
deliberadamente estabelecido em aparências(...)
incitado porém reafirmado-(...)-,
certamente já vivi uma vida de alegria contigo.

Passos largos
rápidos
olhar firme
se transforma em moldura
com detalhes minuciosos

Modelo singular
sem qualquer risco
Sem demonstrar nenhuma vontade de indultar-me
ou a si mesmo(...)
Vai embora sem nenhuma citação
Sem saber se possui o bem da terra
movimentos juntados em seu corpo
são filtrados em si mesmo
em linhas silenciosas...sem sentimentos
reais.

Jaquelyne disse...

Nossa, Bianquita!!
Imagens fortíssimas!
Chocam e nos fazem acordar!
Parabéns!
Beijos, amiga!

Poeta Mauro Rocha disse...

Infelizmente o mundo têm dessas coisas.

Um abraço!!

Delírios Literários disse...

Tocante, chocante.
IMpressiona e abre os olhos.
Adoramos.
Beijos,
Mônica, Sarah e Gabi

Lari. disse...

É forte, chocante. É revoltante, dá vontade de lutar, de brigar e gritar por justiça.
Dá vontade sim... Mas quem faz?

Mírian Mondon disse...

Só hoje li seu texto da blogagem coletiva, essa é uma musica que doi, uma realidade que corta o coração.
Não ignorar já faz alguma diferença.
Parabens por seu post e por seu blog que tive o prazer de conhecer hoje!

Abraços,

Reflexo d Alma disse...

ei !Estou chegando pra conhecer seu espaço, amo as fotos qu expoe, pois são mais que realidade.
Vou passaear mais e depois volto pr commentar. Vou amar se passar la no meu canto.
Bjins entre entre sonhos e delírios