domingo, 24 de maio de 2009

Por enquanto (agora)



O outono chegou, ou será o inverno? O frio. As quase noites frias, cobertas e beijos na parada de ônibus porque o carro estava sem gasolina. Quase dois anos, quase tudo, quase um filho. Sempre tão seguros, mas amando. Sempre inseguros. Acho tão bonito quando você acende o cigarro e me oferece café de uma forma tão sublime. Perguntando se eu almocei, se quero água, e eu não quero nada. Deito na cama de casal que já foi de outra. Aí aquele cheiro de fim de tarde impregna nos travesseiros; uma tarde de chuva fina, sexo, línguas; e logo vem a sensação de que terminou. Você, antes de irmos embora, pega o violão e canta. Uma voz rouca e cheia de sentimentos que não quer deixar transparecer. Uma música dedicada a mim. E eu feliz, meus olhos bestas brilhando. Mas já tinha dado a hora e eu ia perder o ônibus. Eu digo que te amo e você pede pra eu provar. Faço aquela cara. E você diz que me ama e eu peço que prove. Aí vem aquele beijo, suas mãos agarram meus cabelos e eu me sufoco dentro de sua boca. Damos as mãos e somos só nós e o outono, ou inverno? E eu insisto na idéia de te querer pra sempre.

Mesmo sabendo que o Pra Sempre sempre acaba...

3 comentários:

Mirella Azenha disse...

Nossa Bia como você escreve bem, parabéns!!! é muito claro o que você escreve e mesmo sem tre conhecer direito( o que eu te conheço é apenas nome e endereço, háe grau de parentesco também!) posso apostar que esse post é um relato de algo real... há esqueci de dizer que te googlei então achei este blog, sempre achei você extremamente inteligente e ao mesmo tempo sufocada pelo meio externo que te ama(entendeu?) um beijo te adoro prima!
Mirella Azenha

Menino-Homem disse...

Damos as mãos e somos só nós e o outono, ou inverno? E eu insisto na idéia de te querer pra sempre.

ela tem o poder!

saudades muitas de tu
menina-lustre!

beijos eternos...

Poeta Mauro Rocha disse...

Outono ou inverno, querer é sempre bom, muito bom!!Tenha um ótimo fim de semana.

BJS