terça-feira, 23 de dezembro de 2008

E fez-se a dança


Coloque um blues, meu amor. Abra a garrafa de vinho que está dentro da geladeira. Deixe seus sapatos ali, onde estão os meus. Dancemos descalços ao som de BB King. Corpos colados, taças geladas esperando por lábios vermelhos. O que não nos falta é poesia! Enlace seus dedos nos meus, misturemos nossas paixões adormecidas em um só beijo, em uma só canção. Depois da dança compõe-me uma música. Rolaremos a noite inteira à beira do abismo que será aquela cama. Repare na Lua a nos vigiar! Escute nossos passos no chão, eles nos falam e são tão indiferentes quanto nós mesmos. Derrame aquele café frio dentro da pia da cozinha e venha beijar minha boca com o gosto amargo do álcool. O sabor do vinho que exala de mim está a sua espera. Mãos e mãos numa pele macia e alva. Mais dois pra lá, mais dois pra cá. Saia e entre estupidamente. Que som maravilhoso é esse blues...


Bianca Azenha


(texto dedicado a uma metade de mim, ainda. É uma metade que toca violão, escreve belíssimas canções e às vezes faz-me sentir única, outras, porém, completamente estúpida, insignificante. Uma metade que está quase indo embora (se já não foi! ), e que claro, como uma boa parte de mim, sempre vai ficar ao meu lado, mesmo que esta não saiba, mas sempre estará pertinho. Por que são metades que não se esquecem, que ainda ficam resquícios de desejos, de sorrisos lapidados a cada tarde. Obrigada, outra parte Bianca!)

6 comentários:

Miguel Barroso disse...

quero ler sobre a outra metade.

Boas festas.

Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

Bianca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jhon Bertonie disse...

Gostei muito do texto. Dá referencia a gostos, estilos. Quero ler sobre a outra metade.
xD
abraços

Visita meu blog

"pode crer" e "já é" disse...

belo texto!!!

Ankhmaya disse...

Adorei o Texto. Parabéns!

A tristeza e a sedução do Blues são perfeitas para qualquer momento, Contudo, suas palavras trouxeram alegria, diversão, malícia para um momento sedutor, envolvendo-me, levando-me a um lugar há tanto esquecido, porém, há muito esperado. Parabéns!

Um enorme beijo e obrigado pelo carinho de suas palavras, mesmo que aquela não seja o teu estilo de leitura. ;)


Folhetim On Line

Menino-Homem disse...

já havia notado, mas ontem com o "Altas Horas" comprei: você tem um quê de Malu Magalhães...Mas seu talento é bem mais profundo, e isso não é audácia, e realidade mesmo...rs