terça-feira, 2 de dezembro de 2008


Um minuto

Quando nada se escreve.
Quando nada morre, nada nasce.
Morre-se,
Ou não.
Nada acontece.
Não pára, não anda, nunca corre.
Se corre sempre pára, sempre anda.
Um olhar escuro, escuso.
Não há mãos que desenhe,
Seja um sol na areia
Ou um sonho no papel.
Apagar e ascender cigarros.
Cansar as vistas com um amor cego.
Sussurrar qualquer coisa...
Sexo ou beijos, apenas.
Come-se,
Ou não.
Andas pelo arame farpado,
Nunca dói, nunca cheira.
Um abraço, sem tristezas, sem memória.
Dorme-se em paz atormentado...
Sons, cafés, filmes.
Toca-se uma Janis, um Renato Russo.
Pactos, três pulos, um pouco de sangue.
A magreza escreve cantos.
Outra garrafa,
Vazia ou não.
Poemas amassados no bolso.
Filosofias de bêbados românticos.
A duração do minuto.
Podridão de cadáveres, amores,
Pontos finais.
Esquece-se,
Ou não.
(Bianca Azenha)

12 comentários:

Marcelle Lins disse...

Noossaaa..

Q lindoo o poemaa..

Fiqueii até sem palavras...

Gosteei.
Vou te linkar, ok's!

depois passa lá no meuu...
www.maisq1historia.blogspot.com

Beijoo

Sonhos Amadores disse...

Ah obrigada! Vou passar lá sim!

Beijooo

Nery, disse...

que lindo O.O
agora juro como me lembrei de christiane F. com a foto xD

:* http://ozzyplace.zip.net

André disse...

prefiro textos fortes. cada um tem um estilo diferente. um abraço


www.mechupanaplacenta.blogspot.com

Sonhos Amadores disse...

Textos fortes...dependem sempre do ponto de vista de quem está lendo e sentindo. Se vc acha que não é, ele nunca vai ser!

Beijos!

Andrea Jonsson disse...

Belo Poema! Parabéns, ótimo Blog! Vc escreve muito bem :D

Lucas disse...

mtu loko seus poemas continue assim =p

O AMIGO disse...

Lindo texto! Parabéns...

Abraão Vitoriano de Sousa disse...

Ai Bianca, me avisa pra trazer um lençindo da próxima vez... admiro sua escrita porque ela sai natural, e por esta razão, entendemos muitos signficados, que balançam em nossas almas... Ui!! você é muito!

Calango disse...

Não entendi absolutamente nada...
acho que estou num momento loira...

a menina que postou primeiro disse que achou lindo o poema...

então tá bom... eu tbm acho...

brincadeira...

(odeio fazer comentários irrelevantes como esse...)

... disse...

Bonito!! Conhece o blog www.poetamaurorocha@blogspor.com ?

Bjs!! Ótimo fim de semana

... disse...

Um minuto e tantas coisas passam e num minuto esse poema nos laça. Belo blog, ótimo texto.

Um abraço!!